Banner cabeçalho

Oi Super Surf FlorianópolisMetade dos 160 participantes estreou na quarta-feira e Jean da Silva e Gustavo Ramos fizeram os maiores placares do primeiro dia, mas a melhor onda na Praia da Joaquina foi surfada pelo paranaense Peterson Crisanto

Uma linda quarta-feira de céu azul na Ilha de Santa Catarina com boas ondas de 2-3 pés na Praia da Joaquina abriu o Oi SuperSurf de Florianópolis, com os catarinenses vencendo metade das baterias da primeira fase. Dos 160 participantes, oitenta de treze estados do país já competiram e 48 foram eliminados nas 24 baterias realizadas, dezesseis da primeira fase e as oito primeiras da segunda. Os melhores do dia foram os catarinenses Jean da Silva e Gustavo Ramos com as maiores pontuações, 15,00 e 15,26 pontos, respectivamente, mas a melhor onda foi surfada pelo paranaense Peterson Crisanto, que valeu nota 8,67 já pela segunda rodada da competição, que prossegue até domingo num dos principais palcos do esporte no país.

"Eu estava perdendo a bateria, mas Graças a Deus entrou essa esquerda que abriu bastante, consegui mandar uma rasgada forte na primeira manobra, depois acertar uma batida e finalizar bem a onda, que por enquanto valeu a maior nota do evento (8,67)", descreveu Peterson Crisanto. "Estou amarradão em estar competindo aqui em Floripa. Eu sempre consigo bons resultados quando venho aqui, estou

concentrado, com boas pranchas e espero avançar mais baterias. Eu quero tentar melhorar minha posição no ranking e estou realmente precisando de um bom resultado para isso".

O paranaense é um dos grandes valores da nova geração que pela primeira vez está disputando o Circuito Brasileiro Profissional. No momento, Peterson Crisanto ocupa uma modesta 59.a colocação no ranking, mas os 6.000 pontos da vitória no Oi SuperSurf de Florianópolis pode leva-lo direto para o seleto grupo dos top-10. Em sua estreia na Praia da Joaquina, ele derrotou o catarinense Jean da Silva, que superou o pernambucano Ivan Silva e o cearense Marcio Farney na disputa pela segunda vaga da bateria para a terceira fase.

Jean foi o primeiro dos nove campeões brasileiros que estão participando desta etapa a se apresentar nas ondas da Joaca. E ele começou bem, vencendo a quarta bateria do dia com 15,00 pontos, marca só ultrapassada pelos 15,26 que o também catarinense Gustavo Ramos atingiu no confronto que fechou a primeira fase do Oi SuperSurf de Florianópolis na quarta-feira. Depois Jean foi batido pelo novo recordista de nota, Peterson Crisanto, mas se classificou em segundo para competir junto com outro catarinense na terceira fase, Willian Cardoso, campeão da última edição do SuperSurf na Praia da Joaquina em 2008. Os dois vão enfrentar os paulistas Leandro Cruz e Samuel Pupo na terceira bateria.

"Eu cheguei umas 6 e pouco da manhã aqui hoje (quarta-feira) e o mar estava bem estranho, com uma corrente de sul, mas quando começou a bateria o mar deu uma acertada, melhorou a formação das ondas e eu já comecei a bateria bem, pegando duas ondas rápidas que consolidaram a primeira colocação na bateria", disse Jean da Silva. "Estou muito feliz em estar competindo aqui na Joaquina e feliz também pelo SuperSurf estar de volta ao Circuito Brasileiro. Eu acabei de voltar da Indonésia, só cheguei ontem (terça-feira) à noite de lá e estava surfando num mar totalmente diferente daqui. Foram quase três dias de viagem, mas porque realmente eu queria vir pra cá para competir e quero muito ganhar esse campeonato".

Jean da Silva foi o número 1 do Brasil em 2010 e outros dois campeões nacionais também estrearam no primeiro dia, nos confrontos que fecharam a quarta-feira na Ilha da Magia. O carioca Gustavo Fernandes, que conquistou o título de 2008 durante a década de ouro do SuperSurf no Circuito Brasileiro (de 2000 a 2009), ainda passou em segundo lugar na segunda vitória do catarinense Alcides Lopes nas ondas da Joaquina. Já o alagoano Tânio Barreto, campeão brasileiro na segunda edição do SuperSurf em 2001, foi eliminado pelo cearense Icaro Lopes e o paulista Gustavo Ribeiro na última bateria do dia.

ESTRELAS INTERNACIONAIS - Surfistas que já defenderam o país na elite mundial do WCT e jovens promessas também brilharam na quarta-feira. O carioca Raoni Monteiro, que fez parte do seleto grupo dos 34 melhores do mundo até o ano passado, estreou com vitória na primeira bateria do Oi SuperSurf de Florianópolis e depois ganhou mais uma pela segunda fase. Na primeira, competiu com dois catarinenses que tiveram boas participações no Circuito Brasileiro, Guilherme Ferreira e Marco Polo, que também já integrou a elite do WCT e acabou sendo barrado junto com o cearense Itim Silva.

"Eu cheguei ontem (terça-feira) aqui no meio do dia, tinham umas ondas boas e hoje de manhã cedo entrei no mar, eu e o Jihad (Khodr), tava a maior ventania, maior sudoeste, totalmente diferente, mas acho que consegui marcar um pico certo, uma valinha bem aqui na beira e dei sorte que consegui pegar duas boas ali pra passar a bateria em primeiro", disse Raoni Monteiro, que falou sobre voltar a competir na Praia da Joaquina. "Fazia anos que eu não vinha para cá e rolou até um flashback com eu, o Guilherme (Ferreira) e o Marco Polo. Parecia até uma bateria dos tempos de amador aqui na Joaca e é sempre bom voltar aos lugares que a gente competiu, relembrar, rever a galera. Para mim, o maior prazer é continuar competindo e poder continuar fazendo o que eu amo".

NOVA GERAÇÃO - Já entre os valores da nova geração, além do catarinense Alcides Lopes que passou invicto com duas vitórias na quarta-feira como o carioca Raoni Monteiro, quem também começou bem no Oi SuperSurf de Florianópolis foi o mais jovem dos 160 participantes, Samuel Pupo, de apenas 14 anos de idade. Ele é irmão do top do WCT, Miguel Pupo, que está lá na Califórnia representando o Brasil na etapa que acontece nesta mesma semana em Trestles, nos Estados Unidos. Samuel participou de um confronto Santa Catarina x São Paulo que acabou empatado em 1 a 1, com ele passando em primeiro e Pedro Norberto em segundo, ambos despachando o catarinense André Moi e o paulista Igor Moraes.

"A bateria começou bem morna, eu peguei umas ondas fracas e eu estava procurando pegar uma um pouco mais longa para fazer mais manobras", explicou Samuel Pupo. "Eu achei uma esquerda boa, aí só procurei fazer a linha sem forçar muito as manobras e consegui um 7. A segunda foi uma onda da série, tava todo mundo no raso, então pude escolher a melhor delas e peguei a segunda que entrou, ela encaixou bem na bancada, consegui botar duas manobras e depois só fiquei controlando a bateria até o fim. Eu participei da primeira etapa lá em Maresias (São Sebastião-SP), mas não fui muito bem, parei no rounde 5, então aqui vou procurar ir um pouco mais longe para levar Maresias ao topo".

SEGUNDO DIA - A programação para a quinta-feira do Oi SuperSurf de Florianópolis prevê a realização de mais 24 baterias como no primeiro dia, com as disputas começando as 8h00 e prosseguindo até as 16h00 na Praia da Joaquina. O segundo dia será iniciado pela nona bateria da segunda fase, composta pelo baiano Yagê Araujo, o paulista Gilmar Silva e os catarinenses Beto Mariano e Raphael Becker. Além dos oito confrontos que restaram para fechar a segunda fase, serão disputadas as dezesseis baterias da terceira rodada com a estreia de mais 32 pré-classificados pelo bom posicionamento no ranking brasileiro.

As quatro etapas do Oi SuperSurf 2015 são patrocinadas pela Oi e pela marca Smolder de surfwear, com participação especial de Furnas e realização da Casa da Árvore com a Editora Rocky Mountain da Revista Hardcore e Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP). Esta terceira etapa em Santa Catarina também conta com apoio da Prefeitura de Florianópolis, Fundação Municipal de Esportes, Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e Associação de Surf da Joaquina (ASJ). Depois de Florianópolis, o Oi SuperSurf 2015 será encerrado em outro palco histórico do esporte, a Praia de Itaúna, de 7 a 11 de outubro em Saquarema (RJ), todas com transmissão ao vivo pelo www.oisupersurf.com.br

A OI E O ESPORTE - A Oi tem longo histórico de apoio ao esporte, com patrocínios a grandes eventos, equipes e atletas de diferentes modalidades, como basquete, judô, futebol, surfe e skate. A companhia tem grande expertise no apoio ao esporte, seja com patrocínio ou com prestação de serviços de telecomunicações em grandes competições realizadas no país. Entre os exemplos recentes, a Oi foi uma das patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo no Brasil em 2014 e da Copa das Confederações em 2013. A companhia também apostou no basquete patrocinando o NBA Global Games Rio 2015 e o torneio NBA 3X, além de apoiar os Jogos Cariocas de Verão e o Oi Bowl Jam de skate.

A Oi também patrocinou este ano o Oi Rio Pro, a etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour (CT), e em julho fechou contrato de patrocínio com mais três surfistas brasileiros de destaque na WSL: Adriano de Souza, Filipe Toledo e Silvana Lima. Eles se juntam ao campeão mundial Gabriel Medina, embaixador do Oi Galera, no time de surfistas patrocinados pela Oi.

VIDEOS DA ETAPA DE FLORIANÓPOLIS - NEWS FEED PARA TVS:
https://www.dropbox.com/sh/mhfgxbqxm1vq7pg/AABrIk0d25ckOeIY0HvsnBvva?dl=0

VIDEOS - HIGHLIGHTS DIÁRIOS DA ETAPA DE FLORIANÓPOLIS:
vimeo.com/supersurf
https://www.youtube.com/channel/UCOyQYyfyPnGx1oN8GYz9mKA

FOTOS DIVULGAÇÃO DA TERCEIRA ETAPA EM FLORIANÓPOLIS:
http://www.inpresspni.com.br/galeriasImagensClienteInterna.aspx?area=galeria&cod=561

--------------------------------------------------------------------------------------
Assessoria de Imprensa OI SUPERSURF
Camila Coimbra - (21) 97394-6785 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Fernando Vieri - (21) 99699-4138 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
João Carvalho - (48) 9988-2986 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Comunicação Corporativa Oi
Adriana Castelo Branco - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Oi Fixo (21) 3131-1103 - Oi Celular (21) 98899-9146
--------------------------------------------------------------------------------------

BATERIAS DO OI SUPERSURF DE FLORIANÓPOLIS:

PRIMEIRA FASE - 3.o=129.o lugar com 260 pontos e 4.o=145.o lugar com 160 pontos:
1.a: 1-Raoni Monteiro (RJ), 2-Guilherme Ferreira (SC), 3-Itim Silva (CE), 4-Marco Polo (SC)
2.a: 1-André Gonçalves (SC), 2-Duda Carneiro (CE), 3-Adriano Camargo (SP), 4-Guilherme Lopes (RJ)
3.a: 1-Pedro Norberto (SC), 2-Ivan Silva (PE), 3-Pedro Neves (RJ), 4-Thiago Barcellos (RJ)
4.a: 1-Jean da Silva (SC), 2-Igor Moraes (SP), 3-Junior Lagosta (PE), 4-Eduardo Barrionuevo (SP)
5.a: 1-José Francisco (PB), 2-Mariano Arreyes (RJ), 3-Ulisses Meira (PB), 4-Filipe Ferreira (RJ)
6.a: 1-Felipe Ximenes (SC), 2-Josias Pedrinha (RS), 3-Hugo Bittencourt (RJ), 4-Marcus Cintra (CE)
7.a: 1-Alcides Lopes (SC), 2-Jeronimo Vargas (RJ), 3-Kaique Oliveira (SC), 4-Hugo Netto (RJ)
8.a: 1-Icaro Lopes (CE), 2-Emerson Santos (SP), 3-Jofrey Seibel (SC), 4-Johnny Lacerda (SP)
9.a: 1-Beto Mariano (SC), 2-Julio Terres (SC), 3-Petterson Thomaz (SC), 4-Rhamon Austin (PE)
10: 1-Adilton Mariano (CE), 2-Raphael Becker (SC), 3-Lucas Pazzolini (ES), 4-Alan Marcos (SC)
11: 1-Tales Araujo (SP), 2-Robson Gobbato (RS), 3-Phillipe Chagas (SP), 4-Rodolfo Queiroz (RJ)
12: 1-Jonatan Busetti (SC), 2-Douglas Silva (PE), 3-Giuliano Arreyes (RJ), 4-Arthur Souza (RJ)
13: 1-Gustavo Sanches (RN), 2-Matheus Faria (RJ), 3-Jimmy Fernandes (RJ), 4-Marcio Freitas (CE)
14: 1-Jessé Mendes (SP), 2-Felipe Oliveira (SP), 3-Patrick Tamberg (FN), 4-Rodrigo Farias (SC)
15: 1-Flavio Costa (BA), 2-Juliano Uzuelli (SP), 3-Bruno Moraes (SC), 4-Eloin Travisani (SC)
16: 1-Gustavo Ramos (SC), 2-Caio Ibelli (SP), 3-Netto Moura (SP), 4-Wallace Junior (BA)

SEGUNDA FASE - 32 pré-classificados - 3.o=97.o lugar com 408 pts e 4.o=113.o com 312 pts:
1.a: 1-Raoni Monteiro (RJ), 2-Magno Pacheco (SP), 3-Marco Aurelio (SP), 4-Duda Carneiro (CE)
2.a: 1-Halley Batista (PE), 2-Maxsswell Ribeiro (SP), 3-Guilherme Ferreira (SC), 4-André Gonçalves (SC)
3.a: 1-Samuel Pupo (SP), 2-Pedro Norberto (SC), 3-André Moi (SC), 4-Igor Moraes (SP)
4.a: 1-Peterson Crisanto (PR), 2-Jean da Silva (SC), 3-Ivan Silva (PE), 4-Marcio Farney (CE)
5.a: 1-José Francisco (PB), 2-Kadu Medeiros (SP), 3-Gabriel Adisaka (SP), 4-Josias Pedrinha (RS)
6.a: 1-Heitor Alves (CE), 2-Mariano Arreyes (RJ), 3-Edgard Groggia (SP), 4-Felipe Ximenes (SC)
7.a: 1-Alcides Lopes (SC), 2-Gustavo Fernandes (RJ), 3-Emerson Santos (SP), 4-Jackson Santos (SP)
8.a: 1-Icaro Lopes (CE), 2-Gustavo Ribeiro (SP), 3-Tanio Barreto (AL), 4-Jeronimo Vargas (RJ)
-----------baterias que vão abrir a quinta-feira:
9.a: Yagê Araujo (BA) e Gilmar Silva (SP), Beto Mariano (SC), Raphael Becker (SC)
10: Weslley Dantas (SP) e Leandro Bastos (RJ), Julio Terres (SC), Adilton Mariano (CE)
11: Victor Ribas (RJ) e Michel Roque (CE), Tales Araujo (SP), Douglas Silva (PE)
12: Wesley Leite (SP) e Felipe Alves (CE), Robson Gobbato (RS), Jonatan Busetti (SC)
13: David Silva (SP) e Bruno Rodrigues (PE), Gustavo Sanches (RN), Felipe Oliveira (SP)
14: Lucas Santos (SP) e Anselmo Correia (RJ), Matheus Faria (RJ), Jessé Mendes (SP)
15: Alessandro Puga (PR) e Amani Valentim (PR), Flavio Costa (BA), Caio Ibelli (SP)
16: Simão Romão (RJ) e Marinho Lima (RN), Juliano Uzuelli (SP), Gustavo Ramos (SC)

TERCEIRA FASE - 32 pré-classificados - 3.o=65.o lugar com 960 pts e 4.o=81.o lugar com 512 pts:
1.a: Hizunomê Bettero (SP) e Gabriel Farias (PE), Raoni Monteiro (RJ), Maxsswell Ribeiro (SP)
2.a: Geovane Ferreira (SP) e Cauê Wood (SC), Magno Pacheco (SP), Halley Batista (PE)
3.a: Willian Cardoso (SC) e Leandro Cruz (SP), Samuel Pupo (SP), Jean da Silva (SC)
4.a: Paulo Moura (PE) e Cainã Barletta (SC), Pedro Norberto (SC), Peterson Crisanto (PR)
5.a: Krystian Kymerson (ES) e Cezar Aguiar (PE), José Francisco (PB), Mariano Arreyes (RJ)
6.a: Rafael Teixeira (ES) e Artur Silva (CE), Kadu Medeiros (SP), Heitor Alves (CE)
7.a: Icaro Rodrigues (CE) e Tamaê Bettero (SP), Alcides Lopes (SC), Gustavo Ribeiro (SP)
8.a: Deivid Silva (SP) e Amando Tenório (AL), Gustavo Fernandes (RJ), Icaro Lopes (CE)
9.a: Thiago Camarão (SP) e Danilo Costa (RN)
10: Victor Valentim (PR) e Leonardo Neves (RJ)
11: Alan Jhones (RN) e Igor Morais (RJ)
12: Ian Gouveia (PE) e Frank Cordeiro (PE)
13: Matheus Navarro (SC) e Luan Wood (SC)
14: Saulo Junior (SP) e Leo Andrade (BA)
15: Sidney Guimarães (SP) e Dodô Veiga (SP)
16: Charlie Brown (CE) e Alon Campestrini (SC)

QUARTA FASE - 32 principais cabeças de chave - 3.o=33.o lugar com 1.920 pts e 4.o=49.o com 1.440 pts:
1.a: Flavio Nakagima (SP) e Lysandro Leandro (ES)
2.a: Luciano Brulher (SP) e Arthur Aguiar (SP)
3.a: Bino Lopes (BA) e Diego Rosa (SC)
4.a: David do Carmo (SP) e Ygor Arakaki (SC)
5.a: Alandreson Martins (BA) e Luel Felipe (PE)
6.a: Samuel Igo (PB) e Odarci Nonato (SP)
7.a: Bruno Galini (BA) e Dunga Neto (CE)
8.a: Marco Fernandez (BA) e Rudá Carvalho (BA)
9.a: Thiago Guimarães (SP) e Rodrigo Wazlawick (SC)
10: Robson Santos (SP) e Alex Lima (SC)
11: Caetano Vargas (PR) e Douglas Noronha (SP)
12: Messias Felix (CE) e Franklin Serpa (BA)
13: Odirlei Coutinho (SP) e Gustavo Bertotto (RS)
14: Luan Carvalho (SP) e Marcos Correa (SP)
15: Renato Galvão (SP) e Ricardo Ferreira (SP)
16: Jihad Khodr (PR) e Alan Donato (PE)

Cron Job Iniciado